RedeSSAN desenvolve projeto de formação política sobre Direito à Alimentação e Nutrição Adequadas para Mulheres Negras com apoio da AMNB

O último encontro formativo do projeto acontece na próxima terça-feira (31), às 19h

A Rede de  Mulheres Negras para Segurança Alimentar e Nutricional (RedeSSAN) é uma organização que há 17 anos atua junto a outras organizações da sociedade civil, provocando incidência política nos espaços de participação social de políticas públicas voltadas à garantia da Soberania e Segurança Alimentar e Nutricional. Desde 2006, a RedeSSAN está filiada à Articulação de Organizações de Mulheres Negras Brasileiras (AMNB).

Durante os últimos meses, a RedeSSAN tem desenvolvido o projeto Ampliando os Dizeres, Fazeres e Saberes, que consiste em encontros formativos oferecidos às integrantes da organização, acerca da garantia/violação do Direito Humano à Alimentação e Nutrição Adequadas para as mulheres negras. Nesse processo, a organização também vem dialogando com outras organizações que têm como pauta a defesa à Segurança Alimentar e Nutricional.

O projeto, que é realizado com apoio do Edital de Fortalecimento Interno da AMNB, parte da ideia de que a maior parte das famílias brasileiras são chefiadas por mulheres negras e que, muitas dessas famílias ainda não têm acesso a uma alimentação saudável e adequada que, em teoria, é um direito humano básico. Diante disso, a RedeSSAN vem empenhando esforços para discutir a Soberania e Segurança Alimentar e Nutricional com as mulheres negras dos mais diversos territórios: no campo, na cidade, nas águas, nas florestas.

“Temos tecnologias ancestrais e em muitos territórios ainda mantêm as tradições de uma memória e cultura alimentar. Precisamos fazer esse resgate para garantir a saúde do nosso povo em sua totalidade. Com o apoio da AMNB foi possível fazer esse intercâmbio geográfico, essas trocas que enriqueceram os encontros, ampliando os dizeres, ecoando os múltiplos e diversos saberes e fazeres”, afirma Luana de Brito, ativista da RedeSSAN e responsável pelo projeto.

O último encontro formativo do projeto acontece na próxima terça-feira (31), às 19h. A atividade é gratuita e aberta para ativistas que integram a RedeSSAN e a AMNB. O encontro será virtual, por meio de plataforma de videoconferência e as inscrições podem ser realizadas por meio link disponível abaixo:

Acompanhe as ações da RedeSSAN pelo Instagram @mulheresnegras.redessan.

Compartilhe essa notícia:

Deixar uma resposta