Primeira vereadora negra de Campina Grande (PB), Jô Oliveira, disputa uma vaga na Assembleia Legislativa da Paraíba

Jô Oliveira tem apostado na construção coletiva e horizontal para definir as suas agendas de luta

Vereadora ativa na cidade de Campina Grande (PB), Jô Oliveira (PCdoB – 65000), é a primeira mulher negra a ocupar uma cadeira na Câmara dos Vereadores do município. Eleita com 3.050 votos nas eleições de 2020, desde então vem dialogando com diversos movimentos e organizações populares, representações políticas e institucionais para construir propostas de forma horizontal e coletiva para a comunidade. Em menos de 2 anos de mandato, a vereadora apresentou mais de 600 proposituras – entre projetos de lei, emendas orçamentárias e pedidos de informação – à Câmara Municipal de Vereadores.

Seu ativismo político vem desde muito cedo. Como estudante do curso de Serviço Social da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), atuou no movimento estudantil e, em seguida, ingressou no Pastoral da Juventude do Meio Popular (PJMP) e ajudou a fundar a Associação de Juventude pelo Resgate a Cultura e Cidadania (Ajurcc). 

Ao longo dos anos vem acumulando experiências políticas através da atuação em movimentos sociais diversos, como o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), Movimento de Mulheres Negras e articulações voltadas ao antirracismo. Em 2015, participou da organização estadual da Marcha das Mulheres Negras contra o Racismo, a Violência e pelo Bem Viver, que aconteceu em Brasília com a presença de mais de 100 mil mulheres.

Em 2022, Jô disponibiliza seu nome como candidata a Deputada Estadual para disputar uma cadeira na Assembleia Legislativa da Paraíba, trazendo como principais bandeiras de luta a defesa do direito à terra, a agricultura familiar, direitos das juventudes e das mulheres. Além disso, defende que a saúde, educação e assistência, são políticas públicas essenciais para a consolidação da cidadania.

A candidatura de Jô Oliveira, apesar de se apresentar de forma individual, vem sendo construída de forma coletiva, através do diálogo permanente e contínuo com os movimentos sociais e movimento de mulheres negras da Paraíba, buscando criar propostas de políticas públicas que atendam às necessidades desses segmentos.

“Acredito que um legislativo mais eficiente se faz com representatividade, participação social e com o debate sobre a realidade do estado a partir das verdadeiras demandas da população”, afirma a candidata.

Acompanhe Jô Oliveira pelo site www.jooliveira.com.br e pelo Instagram @jooliveirapb.

Compartilhe essa notícia:

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.