Festival Ori comemora Dia da Consciência Negra com edição digital

Serão abordados temas relacionados à cultura, bem como estética, empreendedorismo e projetos sociais

Como celebração à cultura negra e em decorrência do Dia da Consciência Negra ocorrerá, em 20 de novembro, o Festival Ori. Esta edição, intitulada De cabeça na consciência, será em modelo de revista eletrônica e será transmitida ao público a partir das 15h, por meio do canal do YouTube do Cultne, maior acervo de material negro do país.

A apresentação do Festival Ori ficará por conta de Lica Oliveira, Rafael Mike, Aza Njeri e Carlos Alberto Medeiros. A programação em 20 de novembro contemplará entrevistas, shows, narrativas negras, humor, poesia e matérias. “A proposta é aproximar e integrar a audiência de todas as idades e classes sociais ao mundo digital, de inovação e cultura”, explica a organização do evento on-line em nota.

A proposta do evento é unir iniciativas de cultura, artes, música, moda, estética, educação, empreendedorismo, finanças e projetos sociais, dando mais significado à data.

Convidados

A competição de poesia falada, Slam Ori Lonan faz parte da festa, uma espécie de sarau com artistas de diversas regiões do país, como São Paulo, Pernambuco, Rio de Janeiro e Bahia.

Além disso, a agenda do Festival Ori contará com a presença e apresentação do Awure, grupo do Rio de Janeiro que busca de disseminar a ancestralidade africana e para combater a intolerância artística. A última música de trabalho é uma parceria com Teresa Cristina e as obras do grupo imergem em cantos e ritmos afro-brasileiros.

Além do evento cultural, haverá um webinário chamado Webinário sobre Comunicação Transmídia, com os especialistas Pedro Balle e Sil Bahia. As inscrições podem ser feitas, de maneira gratuita, por meio do site.

Fonte: https://www.geledes.org.br/festival-ori-comemora-dia-da-consciencia-negra-com-edicao-digital/

Deixar uma resposta

2 × quatro =